segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

(Conteúdo para Médicos e Nutricionistas) - Ômega 3 e efeitos psiquiátricos - Por Prof. Valentim Magalhães

Os efeitos dos ácidos graxos ômega 3 nos transtornos psiquiátricos têm sido amplamente relatados em diversos estudos clínicos e metanálises. As membranas cerebrais contêm uma alta proporção de ômega 3, mas o mecanismo sugerido envolve, principalmente, a modulação do estado pró-inflamatório envolvido na fisiopatologia dessas doenças. ⁣
Os resultados se tornaram tão significativos que levaram a Sociedade Internacional de Pesquisa em Psiquiatria Nutricional a conduzir uma diretriz para prática clínica do uso de ômega 3 no Transtorno Depressivo Maior, revisada em 2020.⁣

Baseados em ensaios clínicos e metanálises, especialistas sugerem que EPA ou EPA/DHA (em proporção >2:1), com 1-2 g de EPA/dia por pelo menos 8 semanas, podem ser utilizados como tratamento adjuvante (e não como monoterapia!) em pacientes com Transtorno Depressivo Maior. ⁣
Uma metanálise de 19 estudos (n = 2.240) concluiu que o ômega 3 também pode ajudar a reduzir os sintomas de ansiedade clínica. A melhora dos sintomas foi significativamente maior no subgrupo com dosagem mais alta (≥ 2.000 mg/d). Além disso, os participantes que receberam suplementos contendo menos de 60% de EPA mostraram melhora significativa, mas não aqueles que receberam suplementos contendo 60% ou mais. ⁣
Este efeito oposto quanto a concentração de EPA e DHA sobre a ansiedade e a depressão é intrigante e possivelmente ligado a um mecanismo subjacente distinto do ômega 3. Outros estudos são necessários para uma compreensão melhor desses mecanismos e dosagens ideias.

Referências: 
1) Grosso, Giuseppe, et al. "Role of omega-3 fatty acids in the treatment of depressive disorders: a comprehensive meta-analysis of randomized clinical trials." PloS one 9.5 (2014): e96905.
2) International Society for Nutritional Psychiatry Research Practice Guidelines for Omega-3 Fatty Acids in the Treatment of Major Depressive Disorder.
3) Su, Kuan-Pin, et al. "Association of use of omega-3 polyunsaturated fatty acids with changes in severity of anxiety symptoms: A systematic review and meta-analysis." JAMA network open 1.5 (2018): e182327-e182327.
4) Liao, Yuhua, et al. "Efficacy of omega-3 PUFAs in depression: a meta-analysis." Translational psychiatry 9.1 (2019): 1-9.

Autor: Prof. Valentim Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário