sexta-feira, 31 de julho de 2020

Obesidade é uma doença crônica

Consenso da ABRAN sobre a alimentação láctea da criança A Obesidade é uma doença crônica, complexa e não transmissível (DCNT’s), podendo estar associada ao desenvolvimento de diabetes tipo 2, doenças do coração, pressão alta, artrite, apneia, câncer, derrame e problemas ósseos.

A obesidade é uma doença multifatorial, ou seja, com muitas causas, entre elas, fatores genéticos, comportamentais, culturais, fisiológicos, etc. Por isso, seu tratamento envolve várias frentes, que devem ser avaliadas individualmente por profissionais especialistas, como medicamentos, mudanças de estilo de vida e comportamentais, hábitos alimentares equilibrados, prática de exercício regular e cirurgia.

O ideal é manter sempre um acompanhamento multidisciplinar para um melhor resultado e controle da doença.

Para saber mais sobre Obesidade conheça o instagram da ONG: Instituto Obesidade Brasil @obesidadebrasil

No site há uma lista de vários serviços (SUS) de tratamento de Obesidade no Brasil. http://obesidadebrasil.ong.br/#locais-de-atendimento1-5 anos


quinta-feira, 30 de julho de 2020

Biscoito de Gergelim


Receita elaborada por uma grande amiga de longa data, a professora de Yoga Claudia Sabbag. Vale a pena se inscrever no canal dela. Sempre postando receitas com comida de verdade, nutritivas e saborosas.


Ingredientes

- 2 xícaras polvilho azedo
- 1 xícara de farinha de gergelim branco
- 4 colheres de sopa de azeite
- 1 xícara e 1/4 de água
- 1 colher de sobremesa de Erva Doce
- 1 colher rasa de chá de sal
- 2 ovos

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Requeijão cremoso caseiro

Semanalmente posto aqui as receitas de um instagram que gosto muito, o @cozinhadoedu



Requeijão cremoso caseiro
.
👨🏻‍🍳Lembra da receita da ricota? Para fazer este requeijão a base é a mesma, a diferença é que batemos o queijo com um pouco do soro e manteiga até ficar cremoso.
.
Receita:
.
✔️Ferva 1 litro de leite tipo A (saquinho)
✔️Quando levantar fervura, junte o caldo de três limões para talhar;
✔️Mexa e aguarde uns 5 minutos;
✔️Coe a massa e reserve o soro;
✔️Tempere a massa com sal à gosto;
✔️Coloque a massa no Mixer ou liquidificador e acrescente uma colher de sopa de manteiga;
✔️Junte meia xícara de chá do soro e bata até ficar cremoso (na geladeira ele endurece mais)
✔️Passe para um potinho e deixe na geladeira por até 4 dias.
♦️Dá pra fazer com leite longa vida (caixinha) também, mas rende menos e demora mais a talhar.
♦️Com leite direto da fazenda fica melhor ainda .

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Check-list no processo de emagrecimento

Então bora fazer um check list no processo de emagrecimento? Checar item por item e tentar descobrir onde está um possível interferente no processo. É assim que todo nutrólogo deveria agir e não apenas culpar o paciente. É assim que tento fazer nos meus atendimentos. Esse Check-list que elaborei com auxílio do meu nutricionista (Rodrigo Lamonier) é muito útil. Na verdade essa é parte do check-list, há outras variáveis que checamos.

Culpar o paciente é fácil. Identificar os erros e tentar mudá-los é que é difícil. 

Tratamento de emagrecimento exige empatia. A falta de empatia é que tem tirado pacientes com sobrepeso e obesos de Nutricionistas e Endocrinologistas e levado-os a procurar Nutrólogos.



segunda-feira, 20 de julho de 2020

Salada fresca com penne integral e frango

Semanalmente posto aqui as receitas de um instagram que gosto muito, o @cozinhadoedu



Salada fresca com penne integral e frango

👨🏻‍🍳 Eu sou fã de uma boa salada. Permitem uma variedade de ingredientes e molhos, e assim, com penne e frango se transforma em uma refeição completa. Vou te contar os segredos para deixar essa salada super apetitosa e arrancar elogios à mesa. Vamos lá?
.
.
Receita:
.
✔️Comece lavando vem as folhas. Usei alface roxa, alface mimosa e rúcula baby. (Pode usar as folhas que vc tenha em casa, mas sugiro não deixar a rúcula de fora. Dá um gostinho muito saboroso e combina super bem com nosso molho).
.
✔️ Após lavar, é preciso secar bem as folhas para não ficar aquela salada molhada demais e também para grudar o molho. Vale secadora, de salada, escorredor ou até como eu fiz: deixar secando espalhadas sobre pano de prato limpo e seco.
.
✔️Lave também tomate cereja à gosto e reserve.
.
✔️Já é hora de preparar o frango. Tempere os filés de frango com alho, sal, pimenta do reino, limão e páprica (opcional, mas dá uma cor linda e um gostinho delicioso). Refogue com um pouquinho de azeite e manteiga até ficar bem dourados. Junte também uma cebola bem picadinha e vai pingando água as vezes para não grudar e queimar no fundo. Retire da panela, fatie em tiras médias e reserve.
.
✔️Coloque o macarrão integral para cozinhar em água abundante e com sal. Enquanto isso é hora de preparar o molho.
.
✔️O molho que escolhi foi o de iogurte natural. A proporção é a seguinte: 01 copo de iogurte natural, 04 colheres de azeite e suco de meio limão. Tempere com sal e pimenta do reino à gosto, dois dentes de alho bem amassados, cebolinha e salsinha à gosto. Misture bem.
.
✔️Quando o macarrão estiver cozido, escorra e passe em água corrente para parar o cozimento.
.
✔️Na mesma panela que refogou o frango, junte o macarrão e o frango em tiras para incorporar o sabor do molho que restou, se necessário coloque mais um pouquinho de azeite, sal, misture rapidamente e desligue. (Esta é uma salada morna)
.
✔️ Montagem da salada: misture as folhas rasgadas grosseiramente, os tomates cereja, o macarrão com frango e o molho de iogurte (reserve uma parte do molho para servir à mesa). Misture bem e coloque mix de gergelim por cima

sexta-feira, 17 de julho de 2020

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Biscoito de Amendoim Lowcarb - Fácil para fazer com as Crianças


Receita elaborada por uma grande amiga de longa data, a professora de Yoga Claudia Sabbag. Vale a pena se inscrever no canal dela. Sempre postando receitas com comida de verdade, nutritivas e saborosas.


Ingredientes

500g de amendoim cru triturado com casca
3 ovos
1/2 xícara de xilitol
1 colher rasa de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento químico para bolo
2 colheres de sopa de cacau
20 gotas de Estévia

segunda-feira, 13 de julho de 2020

Pão de microondas sem farinha de trigo

Semanalmente posto aqui as receitas de um instagram que gosto muito, o @cozinhadoedu



Pão de microondas sem farinha de trigo
.
👨🏻‍🍳Dica de lanche rápido e saudável, sem abrir mão do sabor. Da pra variar o recheio de muitas formas.
.
Receita: ✔️1 clara, 1 colher de sopa de iogurte desnatado, 2 colheres de sopa de farelo de aveia, 1 colher de café de fermento em pó. Misture todos os ingredientes em um bowl, coloque a massa em um recipiente que possa ir ao microondas e asse por 2 a 3 minutos. Para o recheio usei: ricota, peito de peru, alface e tomate cereja.

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Como evitar o ganho de peso na quarentena e fazer dela um momento menos doloroso



Estamos vivendo a maior crise sanitária do século. A Pandemia do novo coronavírus confinou milhões de pessoas em seus lares e isso obviamente afetaria a nossa saúde em todos os seus âmbitos (mental e físico).

Se por um lado vemos uma explosão do número de casos de Transtorno de Ansiedade Generalizada, Depressão, Pânico e descompensação de outras psicopatologias. Nós da Nutrologia vimos uma ascensão do peso de vários dos nossos pacientes. 


De Abril até Julho contabilizei que cerca de 80% dos pacientes atendidos no ambulatório de Nutrologia no SUS apresentaram ou ganho de peso ou manutenção do peso, comparado a antes da pandemia. 

Mas, por que isso está acontecendo ?

Uma pandemia no qual a doença tem alta transmissibilidade e uma mortalidade de até 7% em alguns locais, dificilmente não afetaria o nosso psicológico. 

Razão 1: Foi abrupto

Não tivemos tempo para se adaptar à quarentena. Quando vimos, a maioria das cidades entraram em quarentena e aqui em Goiás foi bem precoce, começo de Abril já estávamos confinados. 

Razão 2: Consequências psicológicas

O início ter sido abrupto, gerou consequências psicológicas. Aumento de sintomas ansiosos, apreensão com relação ao futuro, medo da escassez, medo de uma crise econômica que seria e é inevitável. Tudo isso abala o nosso psicológico, é desconfortável e quando somos submetidos a esse tipo de estresse temos escapes.

Razão 3: O estresse combinado à ociosidade como gatilho para maior ingestão alimentar

Sabidamente, muitas pessoas diante de situação estressante reagem com aumento do apetite. Umas perdem, mas uma boa parcela tem aumento do apetite. Um aumento de cortisol bem como de adrenalina pode levar a alterações no centro da fome e da saciedade. O Cortisol reduz a lipólise (quebra da gordura), aumenta a proteólise (quebra de proteínas). Piora o controle glicêmico e pressórico. Reduz os níveis de serotonina, dopamina, beta-endorfinas e testosterona. Pode levar a alterações no sono e transtornos do humor. A persistência dessa elevação do cortisol, consequentemente pode favorecer o ganho de peso. Não é incomum atendermos pacientes que por mais que sigam o plano alimentar à risca (além de atividade física), quando submetidos a situações estressantes relatam que o peso não decai ou mantém-se estagnado. E quando utilizamos ansiolíticos o peso volta a decair. 

A ociosidade é um outro fator que tenho visto como facilitador para o ganho de peso. O indivíduo que antes acordava, pegava o trânsito, trabalhava, depois almoçava, voltava pro trabalho, pegava filhos na escola, preparava jantar e ia dormir quase 00:00, se viu obrigado a ficar confinado em casa, sentado no sofá ou trabalhando em "home-office". A combinação de ociosidade, sofá, ansiedade, apreensão com relação ao futuro e medo não teria outro destino que não fosse o abre e fecha da geladeira. Para alguns o abre e fecha dos apps de entrega de comida. 

Os nossos neurotransmissores são formados à partir de aminoácidos, em especial triptofano, fenilalanina, tirosina, glicina, acido glutâmico. Tendo como co-fatores para a sua síntese minerais e vitaminas. Quando se come, nos sentimos bem, por favores mecanismos que envolvem a percepção do sabor, inibição do centro da fome, ativação de peptídeos que ativarão a saciedade, sensação de prazer por produção de endorfinas e também maior entrada tardiamente de aminoácidos no cérebro, para a produção de neurotransmissores como dopamina e serotonina. Logo, forma-se um sistema que gera boas sensações e pelo menos momentaneamente reduz a ansiedade. 

Razão 4: Piora da pandemia do sedentarismo

Se a humanidade estava cada vez mais sedentária, ou seja, se já existia a pandemia de sedentarismo, com a pandemia do novo coronavirus isso só se agravou com o confinamento. Academias foram fechadas, lockdown em algumas regiões, medo de contágio, distanciamento social e um movimento: "FiqueEmCasa. Com isso o nosso gasto energético reduziu, combinado com um maior aporte calórico.

Resumindo: Medo + Ansiedade + Ociosidade + Sedentarismo + Maior oferta calórica + Piora do sono = Ganho de peso.

Mas há solução ? 

Primeiramente, o que tenho falado para os meus pacientes é: Vivemos um momento único em nossa existência, delicado e temos que ter compaixão com nós mesmos. Não se cobrar tanto. 

Não é o fim do mundo, ter ganhado alguns kilos. O mundo não vai acabar por conta desse ganho. Tudo isso passará e acredito que em alguns meses voltaremos a ter academias abertas, liberdade de ir e vir, locais com opções mais saudáveis para se comer. 

Soluções que na minha opinião podem ser úteis.

Sedentarismo

Estar em casa não é e nem nunca será desculpa para não praticar atividade física. Com a pandemia acabei descobrindo que existem inúmeros profissionais da educação física que criam treinos para se fazer em casa. Treinos aeróbicos e de força. E o melhor, eles vendem essas assessoria online. Mas se você não quer pagar, tem também no YouTube e Apps. Apenas digo: cuidado com as articulações na hora de executar os movimentos. 

Ociosidade

Aproveite seu tempo livre para realizar outras atividades que geram prazer (que não seja comer):

  1. Ler aquele livro que há tempos você estava planejando
  2. Assistir séries e documentários
  3. Assistir vídeos no YouTube
  4. Fazer cursos online (gratuitos ou lives)
  5. Assistir live de cantores, de profissionais etç
  6. Arrumar a casa e doar o que não é mais útil para você
  7. Conversar com amigos
  8. Ouvir músicas
  9. Cantar suas musicas prediletas
  10. Montar playlist
  11. Fazer artesanatos
  12. Fazer origamis
  13. Pintar, desenhar
  14. Estudar
  15. Cuidar de plantas
  16. Brincar com seus filhos
  17. Auxiliar os filhos nas tarefas escolares
  18. Brincar com seus animais
  19. Meditar
  20. Orar
  21. Contemplar a natureza
  22. Redecorar a casa
  23. Planejar viagens e coisas que você quer fazer quando tudo isso passar
  24. Escolhas alimentares

Há diversos Nutrólogos e Nutricionistas que estão atendendo online (essa modalidade foi permitida pelo Conselho Federal de Medicina e pelo de Nutrição, durante a pandemia). Ou seja, dá para se ter uma supervisão à distância. 

Não é porque estamos de quarentena que temos a obrigação de comer apenas alimentos altamente palatáveis. Devemos prezar pelo sabor, mas também levar em conta a densidade calórica da refeição (alimentos gordurosos e ricos em açúcar são mais calóricos), a densidade nutricional (a quantidade de nutrientes na refeição) e o quanto aquela refeição é capaz de te saciar. 

Tenho visto vários pacientes deixando de comer hortaliças na quarentena por conta da proibição de feiras livres. Dica: supermercados estão abertos. Proteja-se e vá as compras. Uma pequena listinha de hortaliças que você pode comprar, armazenar na sua geladeira e fazer deliciosas receitas:

Esta é uma Lista de hortaliças  que entrego sempre para os meus pacientes:
Abóbora
Abobrinha
Acelga
Agrião
Aipo (ou salsão)
Alcachofra
Alface
Alfafa
Almeirão
Aspargo
Alho
Alho poró (Allium porrum)
Berinjela
Bertalha (Basella rubra)
Brócolis
Cebola
Cebola-roxa
Chicória
Chuchu (Sechium edule)
Couve
Couve-de-bruxelas
Couve-flor
Endívia
Espinafre
Feijão e ervilha
Brotos de feijão
Fava
Lentilha
Feijão
Grão de bico
Soja
Vagem
Jiló
Maxixe
Milho
Pepino
Pimentão
Pimenta
Quiabo
Ora-pro-nóbis
Batata inglesa
Batata-doce
Beterraba
Cenoura
Gengibre
Inhame
Mandioca ou aipim (Manihot esculenta)
Mandioquinha ou batata-baroa
Nabo
Rabanete
Repolho
Rúcula
Tomate

Lembre-se de ter uma quantidade adequada de proteínas em todas as refeições. Elas promovem maior saciedade e ajudam a evitar a perda de músculos.

Está com dificuldade de consumir saladas? Talvez o problema seja os molhos que não estão gostosos. Há inúmeras receitas de molhos na internet, se você não encontrar, pode me pedir que envio. Tenho um grande acervo com mais de 1500 receitas de refeições.

Lembre-se que não é crime ingerir sobremesas e até mesmo alimentos industrializados ou demonizados por alguns profissionais. Tudo é questão de:

  1. Frequência
  2. Quantidade
  3. Contexto 
  4. E se você possui alguma particularidade (doenças).

Tente seguir o plano alimentar a maior parte do tempo e se "escorregar' lembre-se que isso é normal, só não pode tornar-se um hábito. No meu e-book de Mindfull eating, friso muito que o meu paciente pode cair várias vezes, mas caiu deve levantar e sem se culpar. 

Como disse acima, vivemos a maior crise sanitária dos últimos tempos e você vai se alimentar com culpa ? Culpa não serve para nada, não tem função. 

Planejamento

Que tal começar a lista de coisas para fazer na quarentena de maneira organizada?  Casou de não fazer nada e quer começar a produzir ? Está se culpando pelo seu ócio ?

Culpa não serve para nada, já disse ali em cima. Cada um tem seu tempo. Você não tem obrigatoriedade de ser hiper produtivo (a) durante a pandemia. Mas se a ociosidade está te incomodando, bora planejar algo. 

Quando colocamos no papel o que queremos fazer, tiramos do mundo das idéias e transformamos em algo material: palavras escritas. Portanto: liste o que você pretende fazer. 

Se você se planejar, dá para você cumprir com as responsabilidades diárias, ter um tempinho para se distrair e divertir na quarentena. É a melhor forma de aproveitar o tempo e minimizar o sofrimento pelo qual estamos passando. 

É claro que você não precisa cronometrar quanto tempo fará cada atividade, mas é interessante organizar a rotina para distribuir melhor a lista de coisas para fazer na quarentena.

Autor: Dr. Frederico Lobo - Médico Nutrólogo - CRM-GO 13192 | RQE 11915

Se você gostou desse texto, compartilhe-o com amigos e familiares. Aproveite e siga-me nas minhas redes sociais:
Facebook: Dr. Frederico Lobo
Instagram: @drfredericolobo
YouTube: Dr. Frederico Lobo

O processo de emagrecimento - Parte II

Essa é uma outra imagem que utilizo na primeira consulta (de processos de emagrecimento definitivo) para explanar para os pacientes alguns fatos cruciais no processo de emagrecimento. Não ainda se iludir e achar que é um caminho fácil. Não é impossível, mas requer dedicação por toda a vida, Vigilância eterna.



segunda-feira, 6 de julho de 2020

Salgado de batata doce com frango e queijo.

Semanalmente posto aqui as receitas de um instagram que gosto muito, o @cozinhadoedu


👩🏼‍🍳 Salgado de Batata Doce com Frango e Queijo .
.
200 gramas de Batata doce cozida (al dente - não pode ser muito cozida por que a massa deve ser firme)
200 gramas de Frango (refoguei com azeite, temperos naturais, cebola e tomate)
Sal à gosto
Queijo para rechear (usei meia cura)
Farelo de Aveia, Farinha de Amêndoas e Linhaça dourada para empanar
.
.
👩🏼‍🍳 misture a batata doce e o frango em um processador, até formar uma massa. Acerte o sal conforme paladar! Forme bolinhas, recheie com queijo, passe as bolinhas na água e na mistura de farinhas para empanar. Aqui eu assei na Air Fryer, mas podem ser assadas no forno (aproximadamente 20 minutos em temperatura alta 👉🏻 porque os ingredientes estão cozidos, é só para dourar e derreter o queijo). 😉
.
.
Fica muito bom! Você pode fazer várias bolinhas e congelar por até 2 meses. Pode também fazer com mandioca ou abóbora Cabotiá que fica bom também! 😋
.
.
#nutricao #nutricaofuncional #comidadeverdade #alimentacaosaudavel #salgadomaromba #receitas #receitasfit #saudavel #fit #fitness

sexta-feira, 3 de julho de 2020

O processo de emagrecimento - Parte I

Essa é a imagem que utilizo logo no começo das consultas de emagrecimento. Com ela consigo explicar pro paciente de forma simplificada o processo de emagrecimento e quais são as variáveis que influenciam no metabolismo


quinta-feira, 2 de julho de 2020

Açaí na tigela low carb


Receita elaborada por um amigo de longa data, o Luis. Ele é esposo da Claudinha Sabbag, que sempre posto os vídeos aqui. Vale a pena se inscrever no canal dela. Sempre postando receitas com comida de verdade, nutritivas e saborosas.


Ingredientes

1/4 do abacate
2 dedos de água ou 2 dedos de suco
3 colheres de sopa rasas de xilitol, pode ser substituído por açúcar ou mel
15 morangos ou 2 bananas
400g de polpa de açaí

Molho de tomate prático e fácil

Receita elaborada por uma grande amiga de longa data, a professora de Yoga Claudia Sabbag. Vale a pena se inscrever no canal dela. Sempre postando receitas com comida de verdade, nutritivas e saborosas. 


Ingredientes

1 kg de tomate bem maduro
1 colher de chá rasa de açúcar ou mel
1 colher de chá de orégano
1 colher de chá rasa de alho com sal já preparado
1 folha de louro pequena
1 colher de chá de azeite
1 colher de chá rasa de sal