quarta-feira, 10 de julho de 2019

Ingestão de derivados de leite e o risco de Câncer de Bexiga

O trabalho investigou possíveis associações entre ingestão de laticínios e risco de câncer de bexiga (CB).No estudo os pesquisadores avaliaram 13 estudos de coorte que atenderam aos critérios de elegibilidade. Esses trabalhos contemplaram um número de 3590 indivíduos com CB e 593.637 indivíduos controles sadios. Foram analisados os dados alimentares destes indivíduos, bem como dados demográficos e se eram fumantes. Informações sobre consumo de leite e derivados foram coletadas dos formulários e quantificadas.

Os indivíduos com CB tinham idade média de 60,6 anos, sendo a maioria homem (75%). Nenhuma associação foi observada entre consumo de leite líquido, leite processado, ou produtos lácteos e risco do câncer. Quando os produtos lácteos foram analisados individualmente, não foi encontrada associação entre o consumo de creme de leite, queijo ou sorvete e aumento do risco de CB, entretanto, uma associação inversa foi observada apenas para consumo de iogurte quando comparados consumidores e não consumidores (RR 0,88), , independente do consumo ser moderado (54g/dia) ou alto (130g/dia).

Dessa maneira, os autores concluíram que não há evidência da associação de leite, leite processado, produtos lácteos (creme de leite, queijo ou sorvete), com o risco de câncer de bexiga. Ainda, encontraram uma evidencia sugestiva de que o consumo de iogurte pode reduzir o risco de CB.

Referência: Acham M et al. Intake of milk and other dairy products and the risk of bladder cancer: a pooled analysis of 13 cohort studies. Eur J Clin Nutr. 2019 Jun 17.

Nenhum comentário:

Postar um comentário