segunda-feira, 26 de novembro de 2018

FDA aprova a alegação de prevenção de doenças cardíacas para óleos com altos teores de ácido oleico

Azeite e alguns óleos vegetais e de sementes recebem alegação de saúde qualificada

O consumo de óleo com elevado teor de ácido oleico pode reduzir o risco de doença cardíaca coronária quando substitui a gordura saturada, anunciou a FDA.

A alegação de saúde qualificada, que não atingiu o nível de uma alegação de saúde autorizada devido a evidência científica limitada, será permitida em rótulos de embalagens de alimentos para óleos comestíveis contendo pelo menos 70% de ácido oleico, anunciou a agência em um comunicado da FDA, comissário Scott Gottlieb, MD.

A gordura monoinsaturada é encontrada no azeite de oliva, no óleo de girassol com alto teor de oleico, no óleo de cártamo com alto teor oleico, no óleo de canola rico em oleico e no óleo de alga oleico elevado.

A alegação especifica que "evidências científicas de apoio, mas não conclusivas, sugerem que o consumo diário de cerca de 1 1/2 colher de sopa (20 gramas) de óleos contendo altos níveis de ácido oléico, pode reduzir o risco de doença cardíaca coronária".

Também deve incluir o aviso de que o benefício advém da substituição de gorduras e óleos por gorduras saturadas, sem aumentar o número total de calorias consumidas.

A base para a alegação foi a constatação em seis dos sete pequenos estudos clínicos avaliados que o consumo de alto teor de óleo de ácido oleico baixou os níveis de colesterol se substituiu outros tipos de gorduras e óleos mais ricos em gorduras saturadas.

"Ao permitir tais alegações em rótulos de produtos alimentícios, nós da FDA também esperamos encorajar a indústria alimentícia a reformular produtos", disse Gottlieb em comunicado.

Os óleos com alto teor de ácido oleico não são relacionados ao Olestra, uma gordura artificial usada como aditivo alimentar que se tornou infame por causar diarréia intensa e vazamento anal.

“Compartilhar é se importar”
Instagram:@dr.albertodiasfilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário