sábado, 19 de março de 2016

B1 - Tiamina

Absorção: Delgado, Jejuno e pequena porção no íleo.

Meia vida: 9 a 18 dias.

1mg é degradado diariamente nos tecidos.

Dosagem

Avaliação laboratorial por 3 provas bioquímicas e funcionais:
1) Determinação da atividade da enzima transcetolase eritrocitária (a atv diminui as primeiras fases do déficit)
2) Excreção urinária de B1 antes e após a sobrecarga (vê a ingestão recente)
3) Dosagem sérica (quantificação de B1 livre e seus fosfoesteres no sangue total e nos eritrócitos)


RDA e fontes

0 a 6 meses * 0,2 mg
7-12 meses * 0,3 mg
1-3 anos 0,5 mg
4-8 anos 0,6 mg
9-13 anos 0,9 mg
14 aos 18 anos
H: 1,2 mg
M: 1,0 mg
Gestantes:1,4 mg
19-50 anos
H: 1,2 mg
M:1,1 mg
Gestante: 1,4 mg
51+ anos
H: 1,2 mg
M: 1,1 mg

Cereais são as principais fontes
Leveduras
Carne suína
Canrne bovina e de frango

Funções

1. Tem funções co-enzimáticas e não co-enzimáticas.
2. Ligada ao P forma a coenzima tiamina pirofosfato (TPP) necessária à descarboxilação oxidativa do piruvato para formar acetato ativo (acetil-CoA) – componente principal da via metabólica do ciclo de Krebs.
3. Essencial no metabolismo de CHO e LPDs.
4. Essencial na formação da piruvato desidrogenase, quando déficit há acidose láctica.
5. Função não coenzimática: papel específico na neurofisiologia, atuando na membrana das células nervosa, permitindo deslocamento para que íons sódio possam atravessar a membrana livremente


Sintomatologia do déficit

Beriberi: úmido (cardiovascular) e seco (nervoso).
Umido: Hipertrofia e dilatação em especial de VD, vasodilatação periféria, retenção de sódio e água (edema de mmii), taquicardíaca, dispneia, ICC.
Seco: Alterações do SNPeriférico: comprometimento sensitivo simétrico, motor e reflexo.
Encefalopatia de Wernicke e/ou Psicose de Korsakoff e até coma.
Deficiência subclínica: cansaço, cefaleia, diminuição da produtividade

Interações medicamentosas

Todo o complexo B altera a absorção das tetraciclinas.

Furosemida aumenta a excreção urinária de B1.

5-fluoracil: aumenta o metabolismo de B1.

Etanol diminui o processo de absorção ativa da B1.

Fibras diminuem a absorção

Enzima Tiaminase I – em pescados e crustáceos.
Tiaminase II – produzida por bactérias intestinais

Ambas termolábeis (inativadas com a cocção).

Polidroxifenóis (ácido cafeico, ácido clorogenio e taninos) – inativam a tiamina por oxirredução. Fontes:  chás preto/mate, couve de Bruxelas, repolho roxo. Mas a vitamina C previne a oxirredução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget