domingo, 13 de dezembro de 2015

Sal Rosa do Himalaya - Mitos e verdades by Desconstruindo mitos em saúde


Frequentemente vemos pacientes contando que estão utilizando o sal do Himalaya. Qual a minha opinião? Uma perda de dinheiro. Pagar 100 vezes em 300g de sal, sendo que não existe nenhum tipo de vantagem ? Vá comprar comida de verdade que você ganha mais saúde.

Mas porque pensamos assim? É achismo, implicância com as pedrinhas rosa ou temos alguma base científica para afirmar isso ?

Desde 2008 estamos buscando artigos sobre o tema. Passaram-se SETE anos e até agora, não encontramos NENHUM artigo na Pubmed mostrando vantagens em se consumir o tal sal do Himalaya.

Compramos o bendito, fizemos uso e não vimos diferença alguma.

Mas será que esses sais diferentes são mais saudáveis ? No mercado temos o sal marinho, sal de cozinha refinado e iodado, sal kosher, sal aromatizado, fleur de sel (flor do sal ou sal cinza), Hiwa Kai, sal negro, Hawaiian Sea Salt, Kala Namak, “sal orgânico” e o famoso sal rosa do Himalaya. Todos são o mesmo produto: cloreto de sódio. Apenas as quantidades ínfimas (traços) de minerais variam de um para outro.

Primeira ilusão de quem consome esse sal. Não há minas de sal no Himalaya. Como diz a culinarista Pat Feldman "é sal demais para "Himalaya de menos". As maiores minas de "sal do Himalaya" ficam no Paquistão, a quase 500 km do Himalaya. 
O sal de mesa (o tão mal falado sal refinado) é enriquecido com iodo e é uma forma altamente eficaz para prevenir a deficiência de iodo. A política de saúde pública (iodação do sal) acaba prevenindo o bócio por déficit de Iodo, tão comum em décadas passadas, no interior do Brasil.

Uma dúvida, o sal rosa do Himalaya é tão puro que não recebe iodação, sendo comercializado sem iodo ? Mas se isso é uma política de saúde pública e a falta de iodação pode gerar repercussões metabólicas, o consumo do mesmo estaria ligado a um maior risco de deficiência de iodo? Há alguns produtos com o nome Sal do Himalaya que é iodado, mas os importados não.

A maior desculpa apresentada para se propagar os benefícios com o uso do sal do Himalaya é que ele contém 84 minerais traços e esses promovem saúde e bem-estar. Existe um site interessantíssimo que sigo: https://www.sciencebasedmedicine.org que visa desvendar alguns mitos. Recentemente postaram sobre o sal do Himalaya e provaram que não há UM único estudo comparando o sal do Himalaya com os demais.

Mas suponhamos que esses 84 minerais presentes realmente estejam na composição. Isso justificaria a sua utilização ? Não. São traços, ou seja, quantidades tão ínfimas que você adquire consumindo 200ml de água natural.

Não há nenhuma evidência publicada em revistas ou jornais ligados a área, mostrando que a substituição de sal branco por sal do Himalaya traga benefícios para a saúde. Na lista de minerais citados, você notará que uma série deles são radioativos, como Rádio, Urânio e Polônio. Também compõem a lista, minerais tóxicos, como o Tálio. Seria arriscado então consumir Sal do Himalaya ? Não, já que são traços.

Uma pergunta inversa aos defensores do seu uso: então se os vestígios de 84 minerais presentes são benéficos, porque não acreditar que os vestígios de minerais radioativos e tóxicos possam ser prejudiciais?

O site fluoridedetective.com alerta que a análise do sal extraído da maior mina de "sal do Himalaya" do mundo, no Paquistão, demonstrou concentração gigantesca de flúor, de 231 ppm (231mg de fluor por quilo de sal). http://www.poisonfluoride.com/pfpc/html/analysis.html E isso é arriscado, ou seja, ja temos evidências de que o seu uso tenho potencial efeito tóxico.

Resumindo: a alegação de que sal rosa do Himalaya contém 84 minerais pode ATÉ ser verdade, mas a alegação de que “promove a saúde e bem-estar” é falsa até que se prove o contrário, com estudos clínicos.

Enquanto esperamos por evidências, continuaremos utilizando o sal marinho iodado. Pelo menos sabemos que eles não contém urânio.

Caso nos perguntem qual sal ideal? O sal refinado é puramente Cloreto de Sódio com iodo, sem traços de outros minerais. O sal marinho por não ser refinado, mantém alguns traços de minerais. A questão é: traços de minerais terão impacto na nossa saúde ? Não, pois a quantidade que utilizamos é ínfima.

O que devemos adotar é uma dieta saudável, com mais alimentos in natura e menos alimentos processados. Dar preferência a vegetais (folhagens, legumes, leguminosas, cereais integrais) orgânicos, beber basta água filtrada, praticar atividade física regularmente, ter contato com a natureza, dormir bem, manter os pensamentos em ordem e cultivar bons sentimentos. Isso é infinitamente superior que qualquer traço de minerais.

Assinam o post acima os seguintes perfis no instagram:

Dr. Frederico Lobo (Clínico geral de Goiânia – GO) @drfredericolobo,

Dra. Tatiana Abrão (endocrinologista e nutróloga de Sorocaba – SP) @tatianaabrao,

Dr. Daniella Costa (nutróloga de Uberlândia – MG) @dradaniellacosta,

Dr. Reinaldo Nunes (endocrinologista e nutrólogo de Campos – RJ) @dr.reinaldonunes,

Dr. Mateus Severo (endocrinologista de São Maria – RS) @drmateusendocrino,

Dr. Ricardo Martins Borges (Nutrólogo de Ribeirão Preto – SP) @clinicaricardoborges,

Dr. Pedro Paulo Prudente (Médico do esporte de Gramado – RS) @drpedropauloprudente,

Dra. Patricia Salles (endocrinologista de São Paulo – SP), @endoclinicdoctors,

Dra. Camila Bandeira (endocrinologista de Manaus – AM) @endoclinicdoctors,

Dr. Walter Nobrega (Clínico Geral do Rio de Janeiro – RJ) @drwalternobrega.

Conheça o nosso projeto: www.desconstruindomitosemsaude.wordpress.com

6 comentários:

  1. Gostaria de dividir um caso que aconteceu comigo. Nuca usei sal rosa, mas quando todos começaram a posta que fazia bem, passei a utilizar este, comecei a ter inchaço nas pernas braços, e fui ao medico; estava com pressão 12x11,5, fiz exames estava com intoxicação. Conclusão: RETIREI O SAL ROSA DA ALIMENTAÇÃO ,A PRESSÃO BAIXOU, O RIM NORMALIZOU E VOLTOU A NORMA; MAS SÓ PRA TESTAR, TINHA MUITO SAL EM CASA E FOI CARO, ENTAO PASSEI A USAR NA SALADA MINHA E DE MEU MARIDO E OS DOIS VOLTARAM A TER PROBLEMAS RENAIS E PRESSÃO ALTA... AGORA TENHO MEDO DESSE SAL ROSA.

    ResponderExcluir
  2. Esse é mais um comentário negativo sobre aumento de pressâo arterial após o uso do sal rosa do Himalaia.Concordo plenamente com a postagem acima porque com tantas matérias sobre a falsificação do sal e como fiz uso exclusivo do sal rosa, por uns 2 anos,agora percebi vários problemas de saúde, inclusive com a minha pressão arteria que me levou várias vezes a emergência.Então resolvi parar de usar já tem 18 dias.Gostaria de sabe quanto tempo demora para se desintoxicar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Várias pessoas mandam esse tipo de comentário via E-mail. Infelizmente o uso desse sal virou moda. Não acredito q ele faça mal, mas não vejo benefícios. Ou seja, se gosta do sabor, pode continuar usando. O que acho errado é profissional da saúde alardear efeitos terapêuticos desse sal, quase o considerando um alimento funcional.

      Excluir
  3. Passei a utilizar o sal rosa do Himalaia e o óleo de coco extra virgem por orientação do meu dentista, adepto do uso de produtos naturais,pensando que estaria contribuindo para o meu bem estar e favorecendo a minha saúde.
    Como disse antes, usei durante um período de 2 anos, porém, desde o ano passado, notei que cada vez mais me via inchada, com fadiga, muita dificuldade para dormir,estressada por qualquer motivo e a minha pressão aumentada que antes era normal e sem saber o motivo, já que todos os exames davam normais.
    Mas agora me alertei para isso, indo para a emergência várias vezes com a pressão muito alta e tomando hipertensivos, sendo que a cada vez que aumentava a dose do medicamento a pressão subia. Comecei a desconfiar que o problema poderia ser o sal rosa, então, tem 20 dias que resolvi parar com o consumo e para minha grata surpresa, consegui dormir melhor, me acalmei sem estresse e a pressão arterial baixou, não precisei ir mais para emergência.
    Me arrependo amargamente de ter feito o uso desse sal sem iodo, talvez com corante e metais que me fazia tão mal, sem que eu soubesse, por conta de acreditar numa farsa que deve favorecer somente aos importadores do produto que atualmente tenho verdadeiro pavor!!!

    ResponderExcluir
  4. A intoxicação crônica pelo mercúrio pode gerar hipertensão, ansiedade, cefaleia... Muitos "fabricantes" tingem o sal grosso com mercúrio. As vezes esses sintomas que muitos postaram aqui pode estar associado a isso. Só uma dica. Abç

    ResponderExcluir

  5. Excellent post. I was checking constantly this blog and I am inspired! Extremely useful information particularly the last section :) I deal with such information a lot. I used to be looking for this certain info for a long time. Thanks and good luck. craigslist albuquerque

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget