sexta-feira, 3 de julho de 2015

Ovo


Todo dia a mesma ladainha na hora de fazer as orientações nutricionais para pacientes com hipercolesterolemia(colesterol alto).

- O senhor pode comer de 1 a 3 ovos todos os dias.

Aí vem a pergunta clássica: "Mas doutor e o colesterol?".

Só me resta responder: Fica tranquilo pq não irá aumentar, já que os níveis séricos de colesterol não sofrem interferência do colesterol da dieta, na maioria dos indivíduos.

O ovo coitado, tinha que receber indenização por calúnia e difamação .

Um estudo publicado em 2011 no European Journal of Clinical Nutrition, seguiu 14185 indivíduos ao longo de 6 anos e constatou que não havia diferenças entre os grupos estudados no que toca a doença cardiovascular (infarto agudo do miocárdio, AVC ou cirurgia cardíaca e revascularização).
Os grupos foram divididos conforme o consumo de ovo: 1) nenhum ovo ou 1 por semana, 2) 2 a 4 ovos por semana,3) 4 por semana. Foram avaliados 2 vezes ao ano durante 6 anos. Resultado: não foi encontrada qualquer associação entre o consumo de ovo (muito ou pouco) e as doenças cardiovasculares.

Outro estudo, publicado em 2010 no Nutrition Journal buscou verificar o efeito do uso moderado (2 a 3 ovos por dia) na função endotelial e nos níveis de coltesterol e triglicérides em pacientes já portadores de dislipidemia. O estudo conclui que uso moderado de ovos (2 a 3/dia) não alterou função endotelial e dislipidemia de adultos dislipidêmicos. Já o que eles chamam de Ovo substituto apresentou benefícios, talvez por ter 12 vitaminas.

 Com isso percebe-se que existe uma fobia dos ovos por parte de alguns pacientes com alterações cardiovasculares prévia. Isso leva muitas pessoas a evitar seu consumo, sem necessidade. O ovo é rico nutricionalmente falando: possui Ácido fólico, B2, B12, Vit A, D, K, Colina, Luteína.
As formas mais saudáveis e que preferencialmente devem ser consumidas são: Ovo mexido, ovo escaldado, ovo cozido Dê preferência sempre a Ovos caipiras e se possível (se tiver na sua região) opte pelos caipiras enriquecidos com ômega 3.

Dica: o ovo tem gordura saturada e esta quando ingerida em excesso pode aumentar os níveis de LDL e com isso elevar o risco de eventos cardiovasculares. Portanto como tudo na vida: MODERAÇÃO é a chave. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget