domingo, 7 de setembro de 2014

Energéticos e risco de eventos cardiovasculares


Os energéticos, bastante consumidos por jovens, podem levar a problemas no coração, diz estudo apresentado neste domingo durante o Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, que acontece em Barcelona. Segundo o autor da pesquisa, Dr. Milou-Daniel Drici, da Faculdade de Medicina de Nice, na França, o consumo em excesso dessas bebidas pode “levar a condições adversas incluindo angina, arritmia cardíaca e até mesmo morte súbita”. Cerca de 96% dessas bebidas possuem cafeína, com uma lata típica de 250ml (= 02 cafés expressos).

A Cafeína é um potente ativador dos canais de cálcio sensíveis a rianodina encontrados nos retículos endoplasmáticos e sarcoplasmáticos, levando à liberação de cálcio intracelular dentro das células cardíacas, o que pode favorecer arritmias.

O estudo analisou diversos casos associados ao consumo de energéticos entre 01/2009 a 11/2012, teve a participação de 15 especialistas, incluindo cardiologistas, psiquiatras, neurologistas e fisiologistas. Durante o período, foram reportados 257 casos, sendo que 212 forneceram informações suficientes para análise.

Os especialistas informaram que, dos casos reportados, 95 apresentaram sintomas cardiovasculares, 74, psiquiátricos; e 57, neurológicos, com sobreposição em alguns. Paradas cardíacas ou mortes inexplicadas aconteceram em ao menos 8 dos casos, enquanto 46 pessoas apresentaram arritmia, 13 tinham angina e 3, hipertensão.

O médico recomenda que pessoas que já apresentam algum problema no coração devem evitar o consumo de energéticos, pois a cafeína pode “exacerbar a condição com consequências fatais”. Drici também alerta sobre o risco de consumo dessas bebidas durante exercícios físicos ou misturadas com álcool

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget