quarta-feira, 2 de abril de 2014

Glúten, mito ou realidade?

Dentro do exercício da Medicina Baseada em Evidências não há evidências científicas que a retirada do glúten da alimentação promova perda de peso. Emagrecer é uma equação entre o que ingerimos e o que gastamos, resumindo de forma simplista (claro que há inúmeras variáveis envolvidas).

Precisamos reduzir a ingestão calórica dos alimentos e/ ou aumentar exercício físico (Gasto energético), promovendo balanço energético negativo.

A questão é: NÃO existe NENHUM estudo científico confiável em humanos mostrando que o grupo que cortou glúten emagreceu mais. Apenas poucos estudos com ratos. A maioria esmagadora de artigos na área são apenas ligados a exclusão de glúten em celíacos.

Talvez esteja na hora de realizarem pesquisas em humanos. Por que digo isso? Porque a ciência fala uma coisa, mas prática clínica  muitas vezes fala o oposto. Inúmeras vezes vi pacientes perdendo peso após a retirada do glúten, mesmo em dietas com a mesma quantidade de calorias. E aí ? Tem gente que se beneficia, tem gente que não. Sem contar que muitas vezes a tal "dieta sem glúten e sem lactose" pode até gerar estresse pela restrição dietética (sim, vários pacientes relatam que ficaram estressados pois acham difícil ficar controlando a seleção dos alimentos isentos de glúten e lactose).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget