sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Natural X Artificial


NUNCA (eu disse NUNCA) um nutriente artificial (manipulado ou até mesmo da indústria farmacêutica) será superior ao natural. Portanto, sempre que possível opte pelas fontes naturais. 

Exemplo bem simples é a Vitamina C. Na natureza não encontramos ácido ascórbico isolado e sim um complexo C (ácido ascórbico com bioflavonóides) no qual os componentes tem ação sinérgica. 

Exemplo 2: Selênio quelato e o selênio natural da castanha do Pará. Alguém já viu algum estudo decente com selênio quelato? A maioria é com selenito. Alguém já viu o selênio do paciente subir apenas com suplementação de selênio (metionina ou quelato) mesmo em doses mais altas? Eu não. Mas ja vi com o consumo de Castanha-do-Pará. 

Exemplo 3: Um outro exemplo é a Vitamina E (manipulada ou nos produtos da indústria, na maioria das vezes é vendida apenas como alfa-tocoferol). O Alfa tocoferol é apenas uma das frações da Vitamina E. a vitamina E é composta por quatro tocoferóis (alfa, beta, gama, delta) e quatro tocotrienóis (alfa, beta, gama, delta). Tem estudo mostrando que só a suplementação isolada de alfa-tocoferol pode elevar o risco de câncer de próstata. Pq? Pq não existe na natureza nenhum alimento com alfa-tocoferol isolado. Logo, a melhor forma de consumir Vitamina E é através da ingestão das fontes naturais.

Exemplo 4: Ômega 3 industrializado x in natura. Pouquíssimas marcas de ômega 3  cumprem o que promete, que é fornecer uma maior quantidade de ômega 3  por cápsula. A maioria tem menos de 60% da cápsula composto por ômega 3, os outros 40% é ômega 6. Já no atum e sardinha, que são fontes baratas e acessíveis no nosso meio, encontramos alto teor de ômega 3, além de proteínas, cálcio, magnésio, zinco. Coisa que provavelmente vc não encontrará no ômega 3 industrializado. 

Suplementação é importante? Sim, principalmente quando se tem a comprovação laboratorial da deficiência.

Mas sempre que possível opte por consumir alimentos e não suplementos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget