sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Saiba porque muitos treinam há anos e não emagrecem...

Esclarecerei os motivos de muitos que treinam, mas não conseguem emagrecer.

1 - GENÉTICA:
TODOS NÓS TEMOS FATORES GENÉTICOS QUE SEMPRE IRÃO PREDOMINAR, OU SEJA, SOMOS DA MESMA “FÔRMA” QUE NOSSOS PAIS. POR MAIS QUE AS ATIVIDADES FÍSICAS MODIFIQUEM NOSSO CORPO, AO INTERROMPÊ-LAS, RETORNAMOS A “FÔRMA” INICIAL. SENDO ASSIM, RECOMENDO A TODOS QUE TEM A TENDÊNCIA  AO GANHO DE PESO, TER MAIS ATENÇÃO AOS FATORES ABAIXO.

2 - INGESTÃO CALÓRICA:
Provavelmente, uma das razões para a dificuldade da perda de gordura, é a ingestão de calorias MAIOR QUE O GASTO. Lembre-se que nem sempre pouca quantidade significa poucas calorias! Um exemplo muito comum é o DOCE, por menor que seja, é rico em calorias do açúcar e das gorduras. Portanto, evita-lo é fundamental para este processo. Estudos comprovaram que quem come 1 doce pequeno todos os dias, engorda 12 kg ao longo de 1 ano. Para diminuir a gordura corporal, é preciso ingerir menos calorias do que se gasta, divididas em 5 a 6 refeições pequenas ao longo do dia, com intervalos de 3 horas entre cada uma delas, incluindo proteínas de boa qualidade, carboidratos integrais, gorduras boas, mas em doses certas!!! Caso contrário, poderá haver perda de massa muscular e o metabolismo se tornar mais lento. Por isso é muito importante o acompanhamento nutricional paralalelamente aos treinos!!!

3 - PENSAR QUE PESSOAS ACIMA DO PESO DEVEM PRIMEIRAMENTE EMAGRECER COM EXERCÍCIOS AERÓBIOS, PARA DEPOIS INICIAR A MUSCULAÇÃO.
Para esclarecer, a musculação deverá ser praticada desde o princípio, paralelamente aos exercícios aeróbios, pois além de fortalecer e reparar as articulações sobrecarregadas pelo excesso de peso, ajuda na manutenção e aumento (quando há necessidade) da massa magra (ossos e músculos). Quanto maior a massa magra, mais rápido e eficiente se torna o metabolismo e o gasto de calorias em repouso se torna maior. Outro benefício importante é o cardiovascular, pois a longo prazo, esta atividade aumenta o calibre dos vasos sanguíneos, favorecendo a passagem de sangue, consequentemente diminuindo a pressão arterial, minimizando os riscos para doenças cardiovasculares.

4 - MANTER O MESMO TREINO POR MAIS DE 3 MESES
Isto é um descuido enorme por parte da academia e dos professores!!! O período máximo para se manter um treino é 3 meses, mas o ideal é trocar a cada 2 meses para evitar adaptação dos músculos e sistema cardiovascular, evitando que os esforços se tornem insuficientes para gerar resultados. Quando o exercício se torna muito fácil, ao ponto de haver a capacidade de falar continuamente durante o mesmo, é porque a intensidade deverá ser ajustada.

5 - DESCANSO INADEQUADO ENTRE OS TREINOS
Para aumentar o gasto calórico, é necessário um descanso menor entre as séries (30 a 60 segundos), mas muitos se distraem e conversam com os colegas de treino, interrompendo este processo, e consequentemente os resultados. Segundo estudos recentes (Fonte: Rahimi, R, Qaderi, M, Faraji, H, and Boroujerdi, SS. Effects of very short rest periods on hormonal responses to resistanceexercise in men.J Strength Cond Res,24(7): 1851–1859,2010), treinar utilizando 60 segundos de descanso estimula a liberação de GH, hormônio este que otimiza a queima de gordura, enquanto  120 segundos, favorece a liberação de testosterona, que otimiza a hipertrofia muscular.

6 - POUCAS HORAS DE SONO
Durante o sono, liberamos hormônios anabolizantes responsáveis pela hipertrofia muscular, queima de gordura, reparação e recuperação do sistema cardiovascular e músculo-esquelético. Quando dormimos pouco,  não nos recuperamos o suficiente dos esforços gerados pelos exercícios e por isso, este processo de recuperação/reparação é prejudicado, interferindo negativamente nos resultados.


VOCÊ QUE LEU ESTE ARTIGO E ESTAVA COMETENDO ALGUM DESTES ERROS, A PARTIR DE AGORA, PODERÁ MUDAR E SEGUIR AS ORIENTAÇÕES CORRETAS!!! GARANTO QUE NÃO SERÁ DIFÍCIL ATINGIR OS OBJETIVOS DESEJADOS!!!
BONS TREINOS!!!

Autora: Profª Paula Fortes - Educadora física, pos-graduada em Personal Trainer e Musculação - CERF 014132/G-RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget