sábado, 24 de agosto de 2013

Amamentação pode reduzir risco de hiperatividade com déficit de atenção

Crianças que recebem aleitamento materno têm risco reduzido de hiperatividade com déficit de atenção (TDAH), sugere pesquisa realizada em Israel.

Pesquisadores da Universidade de Tel Aviv e do Hospital Loewenstein realizaram um estudo retrospectivo sobre a amamentação recebida por crianças que foram divididas em três grupos: um com diagnóstico positivo de TDAH; outro com irmãos de pessoas diagnosticadas com TDAH; e um grupo controle, formado por crianças sem TDAH e sem qualquer laço genético com portadores da doença.

Publicado na revista Breastfeeding Medicine, o estudo encontrou uma ligação entre as taxas de aleitamento materno e a probabilidade de desenvolvimento de TDAH. As crianças que receberam leite não materno aos três meses de idade apresentaram três vezes mais risco de desenvolver TDAH do que aquelas que receberam leite materno.

Aos três meses, apenas 43% das crianças do grupo de TDAH foram amamentadas, em comparação com 69% do grupo dos irmãos de crianças com TDAH e 73% do grupo controle. Aos seis meses, 29% do grupo de TDAH foram amamentadas, em comparação com 50% do grupo de irmãos e 57% do grupo de controle.

Fonte: http://www.sissaude.com.br/sis/inicial.php?case=2&idnot=19044

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget