sábado, 6 de julho de 2013

GATO POR LEBRE: O QUE A POPULAÇÃO PRECISA SABER URGENTE SOBRE O ATO MÉDICO por Dr. Marcelo Caixeta



1) Você ou seu parente estão tristes, desanimados, pode ser depressão, certo? Nada de errado por procurar um psicólogo para isto, certo? Pois bem, procure um - após 8 meses você poderá estar morto. Caso Real: “paciente com diagnóstico de depressão, tratado 8 meses por psicólogo, psicoterapia. Diagnóstico final: "estado terminal (e que poderia ser tratado por médico) devido a câncer de tireoide, causando síndrome paraneoplásica com hipercalcemia hiperparatireoidea" (situação médica que causa também depressão). Sem o diagnóstico médico, é isto o que acontece...

2) Seu filho está com fraqueza muscular, juntas doendo, joelho "saindo fora do lugar". Pode procurar um fisioterapeuta, certo? Dentro de 18 meses seu filho pode estar em uma cadeira de rodas. Caso Real : "criança com distrofia muscular progressiva , do tipo Duchenne, doença na qual, sem o diagnostico médico correto, quanto mais fisioterapia se faz, pior o paciente fica, pois mais fibras musculares são destruídas pelo exercício". Sem o diagnóstico médico, é isto o que acontece...

3) Seu pai está meio surdo, certo? Você procura um profissional da fonoaudiologia que lhe receita e instala um aparelho de surdez. Tudo correto, certo? Pois bem, em 6 meses seu pai pode estar morto. Caso Real: paciente com uma doença do sistema nervoso central, chamada Neurolues, que cursa com tumor no ângulo ponto-cerebelar (goma), e que leva a surdez. Sem o diagnóstico médico, é isto o que acontece...

4) Sua mãe está obesa, comendo demais. É um problema nutricional, temos de levar na nutricionista, certo? A nutricionista passa-lhe uma dieta, pede exames de sangue, etc. Pois bem, em 6 meses ela estará morta. Caso Real: a obesidade dela era causada por um tumor hipofisário, chamado adenoma, que poderia ser operável ou tratável por cirurgia, mas como não foi feito um diagnóstico médico, nada disto foi feito e se retardou o tratamento da paciente. Sem o diagnóstico médico, é isto o que acontece...

Pois é, é disto que trata o Projeto de Regulamentação da Medicina, que ora tramita no Senado Federal (diga-se de passagem, já há 10 anos). O que os médicos querem é só uma coisa: o direito de fazerem aquilo que já fazem há 5 mil anos: o diagnóstico científico de doenças, profissão para a qual se prepararam duramente, e da qual outras profissões estão lhe querendo usurpar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget