sábado, 6 de julho de 2013

Fisioterapia e ato médico

DESMONTANDO OS ANTI-ATO-MÉDICOS ( "casos clínicos") por Marcelo Caixeta

Ontem uma aluna me disse que estava em maus lençóis porque , numa discussão pelo Ato Médico, um fisioterapeuta lhe disse : "estamos capacitados , sim, para diagnosticar "artrite", porque estudamos muito mais articulação do que o médico".

Respostas Sugeridas :
1) Sem ser médico, o fisioterapeuta nunca entenderá que uma gonorreia pode dar artrite, uma unha encravada pode dar artrite, um Lupus Eritematoso Sistematizado pode dar artrite. O corpo não é umma articulação. A a articulação está ligada ao resto do corpo. Sem ser Médico, ele nunca vai entender o que é uma doença sistêmica. Nunca vai entender que uma dor de dente pode dar parada cardíaca ( via endocardite bacteriana aguda ) . Ele acha a articulação simples porque é a mente dele que é simples.

2) de modo algum ele conhece mais de articulação do que os médicos especialistas nisto, o ortopedista e o fisiatra, o reumatologista, que é quem precisa conhecer mesmo a fundo.

3) pergunta para ele se ele já viu uma peça anatomopatologica de deposição de cristais hiperuricêmicos na cápsula sinovial ? Não ? Pois é, isto por um simples motivo : ele não é médico, não viu anatomia patológica, não videoartroscopia, não viu patologia clínica do líquido sinovial, não estudou a histopatologia da capsula articular, eetc, etc

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget